sábado, 19 de dezembro de 2009

Iphan inaugura a "Casa do Patrimônio" em Ouro Preto



O imponente casarão da Praça Tiradentes conhecido como Casa da Baronesa passa a ser, além de espaço do órgão fiscalizador do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan, um ambiente de diálogo com a comunidade. Sob direção do arquiteto Leonardo Barreto, a 13ª Superintendência do Iphan inaugurou no local, nesta quarta-feira, 16 de dezembro, a Casa do Patrimônio de Ouro Preto.

Um espaço interativo, irradiador de cultura, a Casa do Patrimônio conta com um circuito expositivo que inclui basicamente três módulos, divididos da seguinte forma: Iphan, Arqueologia e Evolução Urbana. A complexidade e a riqueza do conteúdo histórico-cultural da antiga Vila Rica revelam-se através dos detalhes arquitetônicos que podem ser constatados até hoje ao circular pela cidade e que são ressaltados na mostra de longa duração.

Um dos aspectos principais da exposição é a escavação arqueológica realizada no quintal da Casa da Baronesa em 2007 e a visão parcial do caminho-tronco, traço determinante e formador da malha urbana da cidade, que podem ser observados na área externa da casa.


A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h.

Mais informações pelo telefone (31) 3551-3099.

Saiba mais:

O casarão conhecido como Casa da Baronesa em Ouro Preto foi residência que pertenceu à família do Barão de Camargos, Manoel Teixeira de Souza, doada à União em 1941. Abriga a 13ª Sub-regional II do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.

Localização: Praça Tiradentes, s/nº - Centro

Fonte: ouropreto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget