sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Poéticas e Moradas: Alunos da EE Dom Veloso participam do Circuito Expositivo

Na última quinta-feira, dia 27 de setembro, aconteceu mais um dia de atividades da oficina "Poéticas e Moradas". Desta vez, os estudantes da Escola Estadual Dom Veloso vieram até a Casa da Baronesa, na Praça Tiradentes, em Ouro Preto, participar do Circuito Expositivo. Através de uma intervenção lúdica, as crianças puderam conhecer um pouco da história da Casa da Baronesa. Confira nas imagens abaixo como foi este dia da ação:





Fotos: Raíssa Fagundes
Continuem ligados nas nossas redes sociais para ficar por dentro das atividades do programa Sentidos Urbanos!

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Olhares (im)possíveis: Finalização das atividades na Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa

A Ação Olhares (im)possíveis, realizada na Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa, chegou ao fim.

Nosso último encontro aconteceu na segunda-feira, 24/09/2018, onde os alunos puderam assistir as suas produções audiovisuais que resultaram em cinco filmes-carta. Os temas variaram entre ficção/terror, produção de um jornal, entrevista com os funcionários da escola, entre outros.

A Equipe Sentidos Urbanos agradece a oportunidade de desenvolver este trabalho na Escola!

Continuem nos acompanhando para saber sobre as nossas próximas ações.


                       Foto: Adrianno Soares


                             Foto: Adrianno Soares

A ação Olhares (Im)possíveis é uma metodologia aplicada pelo Programa Sentidos Urbanos e está integrando  as atividades do programa de Educação Municipal Patrimonial "Ouro Preto: Meu lugar".

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Finalização da primeira etapa da ação Olhares (im)possíveis na Associação do Bairro São Cristóvão

A primeira etapa da ação que está sendo realizada na Associação do Bairro São Cristóvão chegou ao fim, na última quarta-feira 19/09/2018.

As crianças e adolescentes envolvidos no projeto puderam assistir as suas produções audiovisuais, que resultaram em três filmes-carta de temas variados que envolvessem o bairro. Todos ficaram muito satisfeitos com o resultado do trabalho desenvolvido durante a Olhares (Im)Possíveis.

As próximas etapas da ação serão conduzidas pelas equipes do curso de Conservação e Restauro do IFMG e do curso de Arquitetura da UFOP.

Continuem nos acompanhando para saber mais sobre o prosseguimento deste projeto!

Poéticas e Moradas: Ação teve seu início na EE Dom Veloso

As atividades do Programa Sentidos Urbanos: Patrimônio e Cidadania continuam em plena atividade! Desta vez, quem recebeu uma de nossas ações, foram os alunos da Escola Estadual Dom Veloso, em Ouro Preto. Os estudantes tiveram o primeiro encontro da oficina Poéticas e Moradas, na tarde da última quinta-feira, dia 20 de setembro.
De forma lúdica, permeada por diversos jogos teatrais, a oficina tem como proposta fazer uma relação entre as diversas moradas que nos compõe, desde a casa até a escola. Quer ver como foram as atividades desta oficina? Então, confira nossa galeria de imagens:



Fotos: Raíssa Fagundes


Continue ligado no nosso blog e nas nossas redes sociais!

Equipe do Sentidos Urbanos participa de Mesa redonda sobre perspectivas contemporâneas de educação patrimonial em Serro, MG.


No domingo passado, dia 23/09 a Coordenadora executiva do Programa Sentidos Urbanos, Simone Fernandes e o assistente da coordenação e proponente da Metodologia Olhares (im)Possíveis, Arthur Medrado estiveram no Serro para participar de uma Mesa Redonda sobre perspectivas contemporâneas de educação patrimonial. 

Além da nossa equipe participaram do evento Ana Cláudia Caseiro, Marcelo Tibães e Gustavo Nolasco. 

Ana tratou sobre a Política nacional de educação museal e a experiência no Museu Casa dos Ottoni. Marcelo relatou sua experiência como secretário de patrimônio no município de Diamantina e Gustavo apresentou as experiências com o projeto Moradores, do coletivo Nitro. 

Nossa equipe apresentou os dados do Programa Sentidos Urbanos Patrimônio e Cidadania, os conceitos que norteiam nosso trabalho e as perspectivas adotadas na Metodologia Olhares (im)possíveis, que estamos aplicando desde 2017. 

O momento foi de muitas trocas e discussões para a implementação de ações de educação patrimonial no município através de um Grupo de Trabalho sobre a temática.

Essa visita afirma o compromisso do Sentidos Urbanos com a difusão de perspectivas transversais para um trabalho efetivo com as referências culturais no campo da educação patrimonial. 

Agradecemos imensamente ao convite da Larissa Faloni Ferreira, chefe do escritório técnico de IPHAN no Serro.

Esperamos estar de volta logo logo! 

Confira algumas fotos:
Foto: Larissa Faloni Ferreira 

Foto: Larissa Faloni Ferreira

Foto: Larissa Faloni Ferreira

Foto: Larissa Faloni Ferreira



Olhares (Im)possíveis no Polivalente, a E.E de Ouro Preto caminha para a reta final.


Após a realização do Roteiro Sensorial seguido de visita ao RU da Universidade federal de Ouro Preto (que aconteceu no dia 28/08), os estudantes do polivalente iniciaram a elaboração e produção dos filmes cartas. 

Essa etapa da atividade já dura três semanas. Dessa vez, Junto com a cartilha do Inventar com a Diferença estamos utilizamos as cartas do projeto The Black School como dispositivo para criação de um filme com um destinatário. 

No dia 04/09 foi a vez de assistir aos minutos Lumière, que são vídeos de 1minuto realizados com a câmera fixa em um tripé. 

No dia 11/09 realizamos a distribuição e apresentação dos Passos para realizar os vídeos. Nesse mesmo dia os temas, objetivos e destinatários foram definidos. 

No dia 18/09 foi a hora de elaborar os roteiros, pensar os figurinos e iniciamos a captação de algumas imagens e depoimentos. 

Nessa terça, dia 25/09, iniciaram as gravações e registros para a finalização do material, que deve acontecer na semana que vem . 

A oficina Olhares (Im)possíveis na E. E de Ouro Preto, o polivalente, é conduzida pela equipe do Programa Sentidos Urbanos e acontece com uma turma da educação integral dentro das atividades da Oficina de Mídias e Novas tecnologias, oferecida pela professora Olga Penna. 

Confira As fotos: 








domingo, 23 de setembro de 2018

Sentidos Urbanos participa de mesa redonda sobre Educação Patrimonial no Serro-MG

Dentro da programação da 12° Primavera dos Museus: Celebrando a Educação em Museus, acontece a mesa redonda "Perspectivas contemporâneas sobre a educação patrimonial", que conta com a presença da coordenadora do Programa Sentidos Urbanos, Simone Fernandes, e com o coordenador de equipe, Arthur Medrado. Além os coordenadores do programa, a mesa conta também com a participação de Ana Cláudia Caseiro, Marcelo Tibães e Gustavo Nolasco.



quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Programa Sentidos Urbanos realiza encontro com grupo de gestores do SESC

Nesta última quinta-feira (13/09) realizamos um de nossos tradicionais Roteiros Sensoriais, desta vez no bairro Antônio Dias, em Ouro Preto, com o grupo do SESC (Serviço Social do Comércio). Na ocasião, o grupo composto por aproximadamente 20 pessoas, teve a oportunidade de sentir Ouro Preto por outra perspectiva.
Após o roteiro, Simone Fernandes, Coordenadora Executiva do Programa Sentidos Urbanos, apresentou o programa para o grupo, que pôde dialogar acerca da experiência vivida naquela tarde, seguida por um rico debate sobre as metodologias e principais conceitos que utilizamos durante nossas práticas.
Agradecemos imensamente ao grupo de gestores do SESC pelas trocas que aconteceram nesse dia.

Confira alguns registros da ação e continue nos acompanhando!




Olhares (Im)possíveis: continuação dos trabalhos na Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa

As atividades na escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa, em Ouro Preto, seguem a todo vapor. Nas últimas semanas as crianças foram separadas em grupos e produziram um filme-carta. Trata-se de um vídeo de tema livre, endereçado à alguém específico. Toda a produção dos filmes foi realizada pelos próprios estudantes que criaram um roteiro, separaram as cenas e realizaram as filmagens.
No próximo encontro, assistiremos juntos às suas produções.

Confira as imagens desse dia super produtivo!

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Olhares (Im)possíveis: Continuação das Atividades na Associação do Bairro São Cristóvão

A Oficina Olhares (Im)possíveis segue no bairro São Cristóvão em Ouro Preto. No último encontro, no dia 6 de setembro, as crianças e adolescentes prosseguiram com a produção e edição do Filme-carta. Trata-se de um vídeo de tema livre, endereçado à alguém específico, escolhido por eles. Foram separados três grupos com os mais variados temas e a partir disso as crianças caminharam pelo bairro fazendo as suas gravações e entrevistas com os moradores. Um dia de muito trabalho realizado com sucesso!





domingo, 2 de setembro de 2018

Olhares (Im)possíveis: Alunos do Polivalente participam do Roteiro Sensorial e almoçam no Restaurante Universitário da UFOP

As atividades da Oficina Olhares (Im)Possíveis com os alunos da Escola Estadual de Ouro Preto (Polivalente) seguem a todo vapor! Na manhã da última terça-feira, 28 de agosto, os estudantes realizaram um de nossos tradicionais roteiros sensoriais: o Praça Tiradentes/Antônio Dias. Em seguida, os alunos do Integral da escola almoçaram no Restaurante Universitário do campus Morro do Cruzeiro, na UFOP. Confira na nossa galeria de imagens como foi mais um dia da ação Olhares (Im)possíveis com essa turma!!!







Fique ligado no nosso blog e nas nossas redes sociais para conferir as novidades das ações do Programa Sentidos Urbanos!!!

Já é muito comentado o lado místico e lúdico de Ouro Preto. Nossa antiga Vila Rica ostenta um vasto conhecimento que, muit...