segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Memórias do Veloso: Encerramento da atividade na Associação de moradores do bairro São Cristóvão



No último sábado, dia 15 foi a vez de finalizar mais uma atividade desse ano. O memórias do Veloso, começou lá no dia 22 de agosto e teve como ponto de partida a oficina Olhares (Im)possíveis. 

De lá para cá nossa equipe esteve junto com mais dois projetos: o Palimpsestos (extensão do curso de arquitetura da UFOP) e Diálogos sobre o patrimônio cultural (projeto do IFMG) na construção de mapas e registros das histórias de vidas dos moradores do bairro. 

Toda a produção foi protagonizada por um grupo de crianças que participou desde a primeira atividade. 

No dia do encerramento a comunidade pode acompanhar uma mostra das produções que aconteceu na Associação dos Moradores do Bairro São Cristóvão (que recebeu a gente desde o início do projeto memórias do Veloso). 

Na sala de audiovisual montada para o evento foram exibidos os filmes-cartas produzidos e as entrevistas gravadas durante o ano. 

Na sala de exposição era possível conferir diversos depoimentos de moradores do bairro, os mapas e os cartões postais que as crianças fizeram. 

O Sentidos Urbanos agradece muito as crianças e aos parceiros e parceiras da UFOP, IFMG e Associação dos Moradores do bairro são Cristóvão. 


 Confira as fotos:



































terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Confraternização marca o encerramento das atividades no Bairro Veloso/São Cristóvão

No segundo semestre de 2018, o Programa Sentidos Urbanos (IPHAN) firmou uma parceria com os projetos Palimpsestos (UFOP) e Diálogos sobre o patrimônio cultural (IFMG) para a realização do projeto "Memórias do Veloso". O início dos trabalhos começaram no dia de 22 de agosto, com a oficina Olhares (Im)possíveis e findaram-se no dia 21 de novembro, com a finalização das entrevistas com os idosos do bairro, e a realização da maquete do lugar. No próximo sábado, 15 de dezembro,  às 16 horas, todo o material realizado durante o processo da oficina, será apresentado à comunidade, numa confraternização, que ocorrerá na Associação dos moradores do bairro São Cristóvão, onde as práticas foram realizadas. Estão todos convidados!




Olhares (im)possíveis: Alunos recebem os cartões postais

Na manhã da última terça-feira, dia 11 de dezembro, os alunos da Escola Estadual de Ouro Preto (Polivalente) e os da Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa receberam os seus cartões postais. A partir do mapa afetivo, realizado no primeiro dia da oficina, os participantes selecionam os seus lugares de interesse, e realizam os registros. Depois as fotos escolhidas pelos participantes são impressas em um cartão postal individual, que é entregue para eles e para escola.


segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Professor Espanhol participa de Roteiro Sensorial

Na manhã da última sexta-feira, dia 30 de Novembro, o Professor Marcelo Miguel Martín Guglielmino (Universidad Pablo de Olavide – UPO - Espanha ), Arquiteto e especialista em percepção do patrimônio, participou de um de nossos tradicionais Roteiros Sensoriais. O trajeto escolhido para o professor sentir a cidade de outra maneira, foi Praça Tiradentes - Antônio Dias. Através da utilização de dispositivos, que provocam novas formas de percepção, o participante pode experimentar Ouro Preto explorando os outros sentidos.
O Roteiro Sensorial pode ser aproveitado ainda, para troca de informações e conhecimento dos mediadores com Marcelo Martín. Confira na nossa galeria as imagens do Roteiro: 









Já é muito comentado o lado místico e lúdico de Ouro Preto. Nossa antiga Vila Rica ostenta um vasto conhecimento que, muit...